free fonts free icons

 

Dia 4 de abril o relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, Ministro Edson Fachin, abriu 76 inquéritos que investigam 98 pessoas. Dentre elas, o Presidente do país, o Governador do RJ, e outros 10 parlamentares do estado. Confira algumas figurinhas carimbadas:

Presidente do Brasil Michel Temer (PMDB) - investigado por diversos casos de corrupção ativa, porém com imunidade parcial temporária pelo cargo. No famoso jantar do Palácio do Jaburu (onde reside como Presidente) ele, os ministros da Casa Civil (Eliseu Padilha), da Secretaria Geral (Moreira Franco), e o empresário Marcelo Odebrecht teriam decidido desviar R$ 10 milhões para o PMDB.

Governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) - investigação sigilosa de corrupção ativa, que já prendeu o subsecretário estadual de Turismo e ex-subsecretário de Transportes, Luiz Carlos Velloso, e o então diretor de Engenharia da Rio Trilhos (Companhia de Transportes sobre Trilhos do Estado do Rio), Heitor Lopes de Sousa Junior.

Presidente da Câmara e Deputado Federal Rodrigo Maia (DEM) - denunciado pelo executivo Benedicto Júnior pela propina de R$ 1 milhão da empreiteira OAS, entre 2013 e 2014, além de R$ 350 mil para as campanhas dele e de seu pai, o ex-prefeito e atual vereador César Maia.

Deputado Federal Julio Lopes (PP) - denunciado pelo executivo Barbosa da Silva Jr, por receber das empreiteiras Odebrecht e Queiroz Galvão, R$ 4 milhões em propina no cargo de Secretário estadual de Transportes do Rio.

Deputado Federal Pedro Paulo (PMDB) - denunciado por Barbosa da Silva Jr. por corrupção ativa de R$ 3 milhões em caixa 2 para sua campanha em 2010, além de R$ 300 mil em 2014, por meio de seu padrinho (então prefeito) Eduardo Paes.

Vereador César Maia (PMDB) - denunciado pelo caixa 2 de R$ 600 mil da Odebrecht para sua campanha em 2010, negociados através de seu filho, atual Deputado Federal Rodrigo Maia.

Senador Lindberg Farias (PT) - denunciado pelo ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, que teria dado R$ 2 milhões para sua campanha em 2010. Inquérito arquivado em 17/02/2017 pelo STF.

Ex-Governador Sérgio Cabral (PMDB) - preso com mais sete ex-secretários de seu governo, condenado por liderar o desvio de R$ 224 milhões em propinas. Acusado hoje de 611 crimes de lavagem de dinheiro.

Ex-Prefeito Eduardo Paes (PMDB) - denunciado por Barbosa da Silva Jr. por corrupção ativa de R$ 16 milhões (11 no Brasil e 5 no exterior) em caixa 2 para sua reeleição em 2012 (por meio do seu coordenador de campanha, atual Deputado Federal Pedro Paulo), além de R$ 650 mil já na eleição em 2008.
_________________________________________________________
Fonte da matéria - Executiva Nacional de Estudantes de Comunicação

Saiba mais sobre a Operação Lava Jato:
http://brasil.elpais.com/…/…/politica/1482155151_616129.html
http://lavajato.mpf.mp.br/entenda-o-caso

#OperaçãoLavaJato



Convidamos todas e todos os radialistas do RJ à nossa Assembleia Orçamentária, para avaliação e aprovação das contas de 2016 e do planejamento de 2017. Dia 27 de abril, às 13h30 em primeira convocação e às 14h00 em segunda e última convocação. Endereço: Av. Presidente Vargas, nº 502 – 15º andar, Centro, Cidade do Rio de Janeiro.

• Apreciação e aprovação dos associados presentes do Balanço Financeiro e Patrimonial comparado, do exercício de 2016, com parecer prévio do Conselho Fiscal;

• Apreciação e aprovação dos associados do Relatório Anual especificando as atividades e os fatos do exercício de 2016;

• Apreciação e aprovação do Plano de Orçamento Anual – POA para o exercício de 2017, com parecer prévio do Conselho Fiscal;

• Assuntos Gerais.


*COM TRANSMISSÃO AO VIVO*
Direto da nossa página em www.facebook.com/radialistasrj

#VemComSeuSindicato

CARTA ABERTA A SU TOMANI

Querida Su,

Tivemos acesso ao seu depoimento e estamos acompanhando a repercussão do caso de assédio sofrido por você.

Gostaríamos de dizer que sentimos muito orgulho de ter, dentre nossas colegas de trabalho, uma mulher como você, que, através de uma atitude corajosa, rompeu a barreira da cultura patriarcal e machista que impera nos corredores e estúdios das Rádios e das TVs brasileiras e com o apoio de outras mulheres guerreiras fez muita gente parar para pensar sobre igualdade de gênero.

Pedimos desculpas pelos nossos colegas Radialistas que ainda insistem no discurso de que mulher deve “saber se colocar para não instigar o homem”. Desses nós sentimos vergonha.

Sabemos que sua atitude não vai mudar o mundo, mas com certeza contribuiu para nossa evolução.
...
Se nos permite, gostaríamos de ir além. No seu depoimento, percebemos que a instância ao qual você pensou em recorrer quando sofreu os seguidos assédios de José foi o RH da empresa. Por algum motivo, você preferiu recorrer a própria empresa do que recorrer a uma instituição que é sua e que tem por dever te proteger. Confessamos que isso fez concluirmos que precisamos mudar nossa postura diante das mulheres Radialistas.

Quantas trabalhadoras do Rádio e da TV podem estar nesse exato momento sofrendo assédios sexuais? Mas por medo de perderem o emprego ou por simplesmente aceitarem passivamente a opressão machista não se rebelam ou procuram alguém que possa ajudar?

Nosso sindicato precisa agir.

Aproveitamos essa carta, que por sinal, vamos encaminhar de forma aberta, para que possamos publicizar nossa posição oficial diante de tal absurdo, para dizer que nosso sindicato se coloca à disposição para ajudar no que for preciso, tanto você como qualquer outra
Radialista que se sinta oprimida diante de um chefe ou um colega de trabalho que não saiba respeitar uma mulher.

Convidamos você e todas as outras figurinistas, camareiras, administrativas, ceno-técnicas, cenógrafas, maquinistas, enfim, todas as RADIALISTAS do Brasil para participarem da REDE DE MULHERES RADIALISTAS. É só cadastrar seus e-mails no canal: http://fitert.org.br/…/2-seminario-internacional-de-genero…/ ou mandar mensagem via whatsapp para (21) 99618-8722 – ANDREA. A rede é o instrumento criado pela Federação dos Radialistas onde, as mulheres podem interagir e utilizar os sindicatos de forma autônoma na luta contra o machismo.

Atenciosamente,
DIRETORIA DO SINDICATO DOS RADIALISTAS/RJ

Matriz:

Rua Leandro Martins, 10 - 5° andar e 12° andar -
Centro - RJ - Cep: 20080-070
Telefones: (21) 2253-8903/ 2253-8914/
               (21) 2253-8952/ 2516-0268

Subsedes:

Jacarepaguá
Estrada dos Bandeirantes, 6.471
Curicica – Jacarepaguá (em frente ao Projac)

Telefones: 3734-7210

Campos
Rua Doutor Lacerda Sobrinho nº 132 loja 03
Centro - Campos dos Goitacazes -RJ

Telefone : (22) 2720-2551